Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela Norgarante.Saiba mais

Compreendi
BPF_prorrogação dos períodos de carência de capital
Apoio à Economia Covid 19 agências de viagens
Apoio ao Desenvolvimento de Negócio
Linha de Apoio ao Sector Social COVID-19
Sucessão Empresarial e Incremento de Escala
ADN Start Up
Asset 1

Notícias

AICEP disponibiliza às empresas “Guia prático de e-commerce”

2021-03-10
e-commerce aicep

Para apoiar as empresas cuja estratégia de internacionalização contemple o comércio eletrónico, a AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal acaba de disponibilizar o "Guia prático de e-commerce – como vender online para mercados externos”.

 Trata-se de um repositório de informação e conselhos úteis sobre como vender para o estrangeiro por via eletrónica e como internacionalizar uma empresa ou uma marca apostando no e-commerce.

Mediante registo prévio no portal Portugal Exporta, através da funcionalidade MY AICEP, qualquer empresa nacional de bens de consumo, intermédios ou de equipamento, pode aceder a um guia com os "primeiros passos do processo de internacionalização online” adequado ao seu perfil e objetivos.

Independentemente de ser uma empresa a começar o seu processo de internacionalização ou que pretenda tão-só alargar a sua carteira de clientes no exterior, é disponibilizada informação sobre diferentes abordagens dos mercados internacionais por via digital e as opções que se oferecem a cada caso concreto no comércio eletrónico, como sejam a criação de uma loja própria ou a participação num "marketplace”. Para tanto, a AICEP assegura a análise do mercado em que opera a empresa que se regista no seu Acelerador das Exportações Online e caracteriza as oportunidades de negócio que se lhe abrem na frente internacional.

Adicionalmente é passada informação sobre como a empresa deve preparar a respetiva operação online, o que passa, entre outros fatores, pela existência de meios de pagamento confiáveis e fáceis de utilizar, a qualificação dos recursos humanos alocados ao comércio eletrónico, a qualidade da resposta do serviço de apoio ao cliente e uma aposta criteriosa no marketing digital.


Ver todas as noticias