Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela Norgarante.Saiba mais

Compreendi
descarbonização e economia circular
Apoio ao Desenvolvimento de Negócio

Notícias

Literacia Financeira - ferramenta para melhores resultados da empresa

2022-09-08
negócios

Portugal teve um bom resultado no 1.º Inquérito à Literacia Financeira dos proprietários e gestores de micro e pequenas empresas, promovido pelo Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, que junta o Banco de Portugal, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e a Autoridade de Supervisão dos Seguros. Mas apesar das conclusões favoráveis há um longo caminho a percorrer na consciencialização de empresários e gestores para a importância da Literacia Financeira.

O tema é tão importante que a 8 de setembro se celebra o Dia Internacional da Literacia, na qual se englobam entre outras a literacia tradicional, a de saúde, a digital ou a financeira, essencial para uma gestão eficaz das finanças pessoais e das empresas.

O objetivo é reforçar a  importância da educação financeira  desde muito cedo seja a nível escolar ou familiar, porque são essas aprendizagens que vão permitir uma atitude correta na relação com o dinheiro e uma boa gestão das finanças pessoais e nas empresas.

Para facilitar e promover a educação financeira, o Banco de Portugal divulga regularmente uma série de informações sobre o tema e está envolvido no Plano Nacional de Formação Financeira que divulga informação essencial para a gestão do dinheiro no dia-a-dia de cada um de nós e na vida das empresas. Também o IAPMEI, através da Academia PME, promove ações formativas, informativas e de sensibilização para a importância da educação financeira.

De acordo com os resultados do inquérito realizado em Portugal a mais de 1.500 pequenos empresários, quase metade (49,8%) nunca recebeu formação em gestão financeira da empresa, nomeadamente através de um curso específico ou de formação na área.

Apesar da falta da formação, os inquiridos defendem que a experiência prática é uma mais-valia. Mais de 70% referiram que já têm uma empresa há mais de dez anos. A família é outro dos fatores apontados. Metade dos empresários referiram que pelo menos um dos seus pais é ou foi também proprietário de uma empresa.

No estudo, Portugal ficou em primeiro lugar no indicador global de literacia financeira nas empresas até nove trabalhadores, num ranking de 14 países avaliados, e em segundo lugar, atrás de Espanha, nas empresas entre dez e 49 trabalhadores, "tendo apresentado uma posição favorável nos indicadores de atitudes, comportamentos e conhecimentos financeiros”.

Mas nem todos sabem que a inflação alta significa que o custo de vida aumenta rapidamente  (15% falhou na questão) ou que um empréstimo a 15 anos exige prestações mensais mais elevadas do que um empréstimo a 30 anos no mesmo montante, mas o total de juros pagos será inferior (25% falhou).

Ver todas as noticias