Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela Norgarante.Saiba mais

Compreendi
Linha FIS Credito
Apoio ao Desenvolvimento de Negócio
Regressar
Moratória de Crédito - Apoio às Empresas
Linha de Apoio à Economia Covid-19
Asset 1

Notícias

Portugal continua a ser o 3.º país mais seguro do mundo

2020-07-24
Global Peace Index

Portugal continua a ser o terceiro país mais seguro e pacífico do mundo, mantendo a posição que lhe foi atribuída em 2019 pelo Instituto para a Economia e Paz (IEP), um ‘think tank’ australiano que se dedica ao desenvolvimento de métricas para analisar a paz e quantificar seu valor económico. 

Na edição deste ano do Índice Global de Paz (internacionalmente conhecido pela sua designação oficial, em Inglês, "Global Peace Index”), o nosso país só é superado pela Islândia – considerado o país mais pacífico do mundo desde 2008, ininterruptamente – e pela Nova Zelândia.

Este ‘ranking’ mundial da paz, que vai já na 14.ª edição, reflete a situação vivida no ano passado em 163 estados e territórios independentes, espalhados por todo o mundo, e cobre 99,7% da população do planeta. São ponderados 23 indicadores.

O nosso país repete o posicionamento atribuído pelo IEP na edição anterior, resultante da avaliação feita à situação que se vivia entre nós em 2018 em domínios como segurança dos cidadãos, militarização das instituições, funcionamento do sistema judicial, direitos e liberdades e conflitos internos. Em termos económicos, acaba por ser um argumento mais na atração de investimento estrangeiro e na diminuição do fator de risco do país.

Portugal obteve 1.247 pontos, aparecendo como o mais seguro e pacífico estado-membro da União Europeia, logo atrás da Islândia, com 1.078 pontos, e da Nova Zelândia, com 1.198. A Áustria surge no quarto posto, com 1.275 pontos e como segundo país comunitário mais seguro. Já França, na 66.ª posição e 1.930 pontos, e a Turquia, no 150.º lugar e 2.959 pontos, são os países europeus com piores classificações no mais recente "Global Peace Index”. 

O Afeganistão é o país menos seguro e de maior risco do mundo, surgindo em 163.º e último lugar, com 3.644 pontos, atrás do Iraque e da Síria.

O Ministério da Administração Interna regozijou-se com a manutenção do terceiro lugar de Portugal no ranking, que atribuiu aos "passos significativos” que o país tem dado "nos últimos anos em matéria de segurança”, o que tem "permitido a redução da criminalidade”.

Por outro lado, realça a nota ministerial, o IEP calcula que o custo económico da violência em Portugal representa 5% do PIB, um dos mais baixos entre os países analisados.

O país surge também, bem posicionado no que toca a apoios sociais e no domínio militar. Em 2014, Portugal ocupava o 18.º lugar, tendo chegado à terceira posição na edição relativa a 2018.
Ver todas as noticias